Prometo não prometer

“Clau, entregarei o texto amanhã sem falta”. Essa frase foi dita há umas duas semanas. Ah este ato de prometer coisas. Uns prometem começar a dieta, outros, fazem promessas para santos. Políticos prometem mundos e fundos. Tem também a promessa de parar de beber, de
fumar. Prometer algo é realmente um ato falho. Não devíamos prometer nada. Devíamos avisar quando pronto. Quando realizado. Tem quem faça a promessa para outro cumprir. Percebeu que diariamente somos rodeados
de promessas? – No ônibus a promessa é “Passageiros sentados: 49”; na fila preferencial dos bancos a promessa é que só idosos e gestantes, mas ao contrário disso, são mulheres espertinhas levando seus filhos
de 2 anos e até 3 no colo. O povo brasileiro gosta de enganar a si mesmo e o pior: de enganar os outros. Clau, desculpa pelo atraso, pela promessa enganosa. Tá aqui. O texto, duas semanas depois. Prometo não prometer.

Anúncios

Uma resposta

  1. Belita, Belita…

    Promessa é dívida, hein?
    Beijocas!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: