Ninguém se entende

pixelbela.gif

Pessoas e a incrível arte da confusão dentro e fora do trânsito.

Ontem fiquei esperando por 25 minutos a topic para ir à faculdade. Enquanto estava ali, numa situação inanimada completa, cansada e com calor, comecei a observar o comportamento das pessoas no trânsito. Eu já tinha uma teoria de que as pessoas andam de carro como se estivessem a pé, da mesma forma que num shopping lotado tem sempre aquela pessoa atrapalhando o fluxo nos corredores, há também motoristas dormindo no trânsito. O sinal abre e somente após 5 segundos é que os carros começam a se movimentar. Têm os apressadinhos, é claro, que buzinam por nada, se irritam com tudo e não dão liberdade de escolha para a pessoa no carro à frente de ultrapassar, dobrar ou estacionar como melhor lhe convir. Criam um nervosismo e são os que verdadeiramente, na minha opinião, atrapalham o trânsito como um todo. Ontem vi uma cena típica: uma mulher no volante, esperando a oportunidade de atravessar enquanto um sujeitinho chato ficava insistentemente buzinando e colocando a cabeça para fora do carro, ameaçando enquanto acelerava. Enfim… Essa cena você já deve ter visto. Resultado: por duas vezes, caso tivesse cedido à pressão, teria grande chance de ter causado um acidente. Claro que este é apenas um caso. Não posso também defender os que dormem em plena rua. São ultrapassagens ousadas, pessoas que parecem ter comprado a carteira, uns fumando, tomando chimarrão e tem até aqueles que ficam conversando com um conhecido do outro carro. É um trânsito com jeitinho brasileiro. Nada de se orgulhar. Cada um por si, o resto que se dane, eu quero chegar antes, nem vem que estou atrasado, e por aí vai. É assim, ninguém mais se entende, até parece que não falamos a mesma língua. Todos estão, excessivamente na defensiva, e muitas vezes penso que as pessoas confundem a vida e o trânsito com os joguinhos de videogame. Como se fossem só desviar, atirar, pular fora, ganhar bônus e destruir o inimigo. Não podemos esquecer que a vida não se joga só; mesmo numa simples espera de topic, estava esperando por alguém. Dependemos sempre de grupos, pessoas. Por que criar tantos mundos individuais e tornar esse mundo tão engarrafado? Precisamos refletir sobre nosso papel de cidadãos e motoristas, porque aqui fora, o game over é bem diferente, não tem segunda chance.
Bela Expedito

Ilustração.: Marcelo Pitel

Anúncios

2 Respostas

  1. Bela, Bela… pegou num ponto que realmente faz aumentar meu estresse diário. Eita como tem gente mau educada… inclusive no trânsito. rss!
    Mas olha, é aquela velha historinha: se cada um fizer sua parte direito, o mundo ainda tem jeito!
    Beijocas e ótimo post!

  2. Penso que o ponto chave de um estressado é no trânsito e a cada dia que passa isso se agrava… e cidades que não possuiam um trânsito caótico – BH, por exemplo – agora estão começando a sofrer com isso… sou do Rio e as vezes sofro também com o trânsito paulista.

    Henrique
    Vai Vendo…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: